terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Tiziu Te Diz. Haicai #565


Tiziu Te Diz. 
Haicai #565
Em fenda no tempo
o tiziu chama, te diz,
canta no templo
JRToffanetto

Cama de Gato _Amanhã

Arhur Maia: Baixo Elétrico
Mauro Senise: Saxofone Alto
Pascoal Meirelles: Bateria
Rique Pantoja: teclados


Ao Sol do Meio-Dia em Ésse Pê



segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

1959 - Zé Trindade - Cobra que não Anda

Do Filme "Entrei de Gaiato"

Zé Trindade, ator, músico, poeta e comediante brasileiro
de rádio, cinema e TV

1950 - Emilinha Borba - Tomara Que Chova (Paquito e Romeu Gentil)

Do Filme "Aviso aos Navegantes"


Na malha estelar. Haicai #500


Haicai #500. 
Por um fio aberto
na malha estelar se puxa
um novo haicai
JRToffanetto 

Fóssil galáctico no centro da Via Láctea

Yuri Ulrich _Coração de Vidro (Filme) + comentário de JRToffanetto




Posta em movimento, a criatividade artística vem ao mundo das formas. Ela não para de girar assim como o coração não para de bater, e gira porque vê (sente) em avanços angulares, harmonicamente compassados aos 360º. Gira o “Coração de Vidro” em sua translucidez do sentir. 

Ainda que de visual artisticamente sofisticado(sutil) no filme, o vidro remete ao seu uso(movimento) nas coisas simples. O conjunto de ideias transcende por outra ordem de razão, outra forma, novo sentido ao comezinho, expressando o outro lado no lado de cá. A tida(pseudo) subjetividade enquanto motor do movimento a partir do cotidiano posto sobre mesa, sentida pela delicadeza da atenta desatenção, remete ao estado anterior da criação, o caos. Então, do vazio, do éter a água, o caldo original de todas as possibilidades da criação artística em nível de transbordo, da explosão criativa(bigbang). 

Enfim, uma transparente metalinguística “in movie”, ao nível(bordas)  preciso de expressão, “o pulo do gato” que Yuri Ulrych tão bem soube dar para dizer do mundo das ideias e suas infinitas possibilidades de materialização, de expressão neste mundo das formas e, ainda, o seu incrível arremate com a trilha sonora interrompendo-se, abrindo espaço para o cãozinho(o primitivo) que incidentalmente latia lá fora, preso ao longe, dominado por limitantes ângulos retos.  (JRToffanetto)


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Red Garland trio-C jam Blues



Do Planeta Azul. Haicai #273


Do Planeta Azul
Haicai #273
Aqui estamos
multimicro>universo
levantando-nos
do berço celeste
(JRToffanetto)

Luz dourada de sol. Haicai #272


Luz dourada de sol
Haicai #272.
Poesia Luz da Luz
mandou a escuridão 
bater noutro lugar
(JRToffanetto)

Arte de JRToffanetto e Yuri (Ulrych) N.Toffanetto

Toots Thielemans & Elis Regina, "Wave"

Toots Thielemans and the Brazilian singer Elis Regina perform "Wave" (by the Brazilian composer Tom Jobim). Recorded live in Sweden, 1969.


Só soube a lua. Haicai #242


 soube a lua. Haicai #242
 Do último suspiro só soube a lua. 
A rosa maga no meio da rua
(JRToffanetto)

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Germe - Haicai #308.


Germe - Haicai #308.
Ao alcançar a flor,
o planeta fez-se Poesia,
então brotou o homem
(JRToffanetto)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Yardbirds - You're A Better Man Than I (Jeff Beck)



Haicai #1



Haicai #1
Desprendendo-se
da poeira dos tempos,
versos alados
(JRToffanetto)

7 exoplanetas e Haicai #4


Ontem o mundo se maravilhou com notîcia de que astrônomos descobrem sistema com 7 exoplanetas. Perguntam-se se eles podem ter água. Pensando nesta possibilidade, lembrei-me do Haicai #4. (ver abaixo da imagem)



Haicai #4.
 A Terra
galgando os céus
rosas pronunciou
(JRToffanetto)


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Haicai #196


Haicai #196
Canta passarinho
sobre folhas mortas
espelhadas de sol
(JRToffanetto)

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Nina Simone Live At Montreux 1976 - Backlash Blues


Nino Rota: Sonata per flauto e arpa (1937)


Nino Rota (1911-1979): Sonata per flauto e arpa (1937) 
Mario Carbotta, flauto; Cristina Bianchi, arpa

Poema imagético _Sem costura


Sem plano de voo,
peso ou volume ao rés do chão fica
sem costura com a linha do horizonte.
Largar a pedra é preciso
(JRToffanetto)

Haicai #564. Semente


Haicai #564. Semente

Estrelas,
sementes luz da Luz Maior
em nossos corações
(JRToffanetto)

"Ständchen". Paula Morelenbaum - Joo Kraus - Ralf Schmid



sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Haicai #11 O coração humano


  
Haicai #11

Do botão de rosa
o Poeta Maior moldou
o coração humano 

JRToffanetto


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

TOCANDO EM FRENTE - ALMIR SATER E LIMA DUARTE



A polinização da beleza


A polinização da beleza 

O botão velado,
nas madrugadas insones
das tardes vazias opera
transformação em cores e olores.
Dar-se-á à Luz.
A polinização da beleza
até por seus espinhos

JRToffanetto

Teresa James - Wind Cries The Blues


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

O tempo e o vento

Google Imagens





Do estojo de lápis
com dezessete variações de cor)

Cada semente conta a história do tempo.

Pássaros são os que cantam o tempo.

O tempo é parente do vento, segue com ou sem ele.

O vento é parente do tempo, não segue sem ele.

Não se limpa o tempo, tira-se o pó.

O tempo não suja, deixa marcas de sua passagem.

Bom tempo é aquele em que o paramos.

Quem diz que o tempo é inclemente mente.

Se você não tem tempo, não se engane, esgana-se.

Não existe tempo ruim para os não cáusticos.

Alimentamos o tempo como lenha para a fogueira.

Ninguém apaga a escultura do tempo com cirurgia plástica.

Sempre é tempo de reformularmos o futuro no tempo presente.

O tempo cria filósofos e filósofos recriam o tempo.

Ilusionistas alisam vincos do tempo.

Todos cabem no tempo e ele cabe nos filósofos.

É preciso licença poética para brincar com o tempo.

JRToffanetto


Haicai #563. Vento anuncia


Haicai #563.
Vento anuncia

Versando Poesia,
chuva cantando terra e céu
o vento anuncia
(JRToffanetto)

domingo, 12 de fevereiro de 2017

CHUCK BERRY - The Blues

A mais original expressão do rockn'roll na déc.50 a influenciar a todos, até Beatles, ainda impressiona, como neste elegante blues:


sábado, 11 de fevereiro de 2017

Poema Imagético _Relatividade


Relatividade

O tempo muda berros e gritos mudos.
(JRToffanetto)

Edvard Munch, 1893

domingo, 5 de fevereiro de 2017

No Extra _FotoJRToffanetto


Quinta-feira, 02/02/2017, no Extra, Jundiaí/SP/BR

Henry Cowell: Ongaku (1957)


Henry Cowell (1897-1965): Ongaku (1957). Opera commissionata da The Louisville Orchestra / Cover image: Mount Fuji and Musashino grasses, artist unknown, ca. 1640.

Caique Agostinho Fotografia

em Jundiaí/SP/BR